Blog

Além da logística: entrevista com Eduardo Costa, CEO da Seclien, sobre inovações e desafios de 2023

Além da logística: entrevista com Eduardo Costa, CEO da Seclien, sobre inovações e desafios de 2023

Neste post, temos a honra de trazer uma entrevista exclusiva com Eduardo Costa, o estrategista por trás das operações da Seclien. Em meio às rápidas evoluções no cenário logístico, Eduardo compartilhará conosco um balanço detalhado das atividades da Seclien ao longo de 2023. Desde a conquista de novos clientes até os desafios enfrentados e as perspectivas para o futuro, esta entrevista oferece uma visão única sobre o mercado de Terceirização da  Gestão de Estoque, armazéns, almoxarifados,  inventário de estoque e patrimonial, entre outras derivações da logística terceirizada.

 

1. Conquistas de 2023:

   – Quais foram as conquistas mais notáveis da Seclien ao longo deste ano?

Eduardo Costa: Num cenário de mudanças políticas, onde ocorrem interferências em todos os segmentos do mercado, a Seclien preservou seus principais clientes e seus compromissos, principalmente com o nosso Capital Humano.

 – Houve a conquista de novos clientes significativos? Quais setores se destacaram?

Eduardo Costa:  Neste mesmo cenário, a Seclien aumentou 22% em novos clientes.

 

2. Desafios Superados:

   – Quais desafios a Seclien enfrentou em 2023 e como foram superados?

Eduardo Costa: O principal desafio foi a insegurança política/financeira do mercado, onde nossos potenciais clientes, ativos e futuros, tiveram que replanejar e manter seus segmentos, buscando profissionalizar suas tarefas meio, focando energia e investimentos, no seu core business .

 

 – O que foi aprendido com esses desafios e como eles moldaram a estratégia futura da empresa?

Eduardo Costa: Nestes momentos nebulosos e voláteis, a boa parceria é fundamental. Estar com um parceiro de logística sólido, que consegue ser flexível nas ações, tanto operacionais como financeiro, permite que nosso cliente tenha condições de analisar o cenário do seu CORE, mantendo o nível de serviço e qualidade existente. Aqui na Seclien chamamos de:  foco no valor agregado !

3. Inovações no Cenário Logístico:

   – Como a Seclien tem acompanhado as inovações no mercado de Terceirização da Gestão Logística?

Eduardo Costa: Como atuamos dentro do espaço físico do nosso cliente, nossas Equipes de Gestão devem estar sempre atualizadas e motivadas na obtenção dos resultados e SLAs comprometidos em Contrato. Com treinamentos constantes e tratativas preventivas na segurança (DDS e ferramentas de Gestão de pessoas), entregamos a tranquilidade ao nosso Cliente, batendo as Metas e níveis ótimos de inventários.

   – Houve a implementação de novas tecnologias para otimizar processos logísticos?

Eduardo Costa: Em 2023 adquirimos um APP para Inventário de estoque e patrimonial, que nos possibilita atuar em qualquer segmento, com as melhores práticas de Inventário, lastreando contábilmente e com enorme dinâmica e agilidade na implementação.

 

4. Tendências no Inventário de Estoque:

– Diante das mudanças no comportamento do consumidor, como a Seclien está adaptando suas práticas de inventário de estoque?

Eduardo Costa: Estoque não é um assunto que seja fácil de lidar, por ser dinâmico e oscilante, dependendo de vários inputs para sua composição.

Desta forma, o foco na Gestão diária do níveis de estoque e Planos de Ação, possibilitam um alto índice de acuracidade, acima de 99,5%.

– Quais são as principais tendências no cenário de inventário de estoque que a Seclien identificou?

Eduardo Costa: Em todos os segmentos, o estoque é dinheiro. Hoje em dia, todos os negócios são alimentados  por algum tipo de estoque.

O APP Seclien possibilita que qualquer segmento tenha seu nível de estoque apurado, possibilitando um ressuprimento excelente e ao menor custo.

 

5. Inventário Patrimonial:

   – Como a Seclien aborda a gestão de Inventário Patrimonial em um ambiente logístico dinâmico?

Eduardo Costa: A Gestão do Patrimonial não independe do ambiente logístico, além de possuir o nome de Inventário. O Inventário patrimonial destina-se a quantificar e valorizar o patrimônio contábil e físico de uma empresa, com objetivos diversos.

Uma Gestão patrimonial bem feita, trás muitos ganhos e valorizações de capital e mobilizados.

– Houve alguma inovação na abordagem da Seclien ao inventário patrimonial em 2023?

Eduardo Costa: O APP de Inventário patrimonial nasceu para oferecer ao mercado, logístico ou não, a Gestão confiável do seu patrimônio, muitas vezes solicitadas por entidades financeiras para captação de recursos ou negociações.

 

6. Impacto da Sustentabilidade:

  – A sustentabilidade desempenhou um papel nas operações logísticas da Seclien em 2023?

Eduardo Costa: Em todas nossas Operações “in house”, seguimos com muito afinco as políticas internas de sustentabilidade dos nossos clientes. Somos atuantes na gestão de resíduos, descarte de materiais, aproveitamento de sucatas, movimentações de processos, etc….

 – Como a empresa equilibra eficiência operacional e práticas sustentáveis?

Eduardo Costa: As duas práticas estão alinhadas no dia a dia. Atuar na operação de forma sustentável faz parte da conduta de cada colaborador Seclien, desde o DDS diário de segurança a aplicação de ferramentas de 5S (organização e limpeza).

 

7. Perspectivas para 2024:

   – Quais são as expectativas e metas da Seclien para o próximo ano?

Eduardo Costa: Nossas expectativas são sempre otimistas, pois estamos no Brasil, um pais que, apesar de tudo, possui e oferece as melhores condições de trabalho a todos, só dependendo de trabalharmos com afinco e proatividade.

Nossa meta é um crescimento de 30% no faturamento em 2024, sendo conservador.

A partir de janeiro 2024, iniciaremos no segmento de Locação de Equipamentos de Movimentação, como Empilhadeiras, Paleteiras, etc…

Entendemos que este segmento é complementar às tarefas que oferecemos e executamos, principalmente em nossos Clientes atuais.

Toda a operação logística, necessariamente, utiliza este equipamentos.

Com a formação em Engenharia de Segurança do Trabalho, além de Engenharia Mecânica, este direcionamento deverá alavancar nossas receitas e fortalecer o elo entre Seclien e os clientes, proporcionando tranquilidade e garantias aos processos logísticos, sem perder o foco na segurança dos colaboradores.

  

 – Há planos para expandir a presença da Seclien em novos mercados ou setores?

Eduardo Costa: Além da atuação no mercado de inventários – APP SECLIEN, iniciaremos com a locação de equipamentos de movimentação, principalmente empilhadeiras, com foco inicial para São Paulo.

 

8. Conselhos para Profissionais de Logística:

– Com base na experiência da Seclien, que conselhos você daria a profissionais que buscam melhorar suas operações logísticas?

Eduardo Costa: Aos profissionais de logística, pontuo que, essencialmente, gostem do desafio, pois a Logística (estoque, movimentação, distribuição) são operações extremamente fortes e exigentes. O profissional da área deve sempre pensar Global, porem jamais deixe de atuar local, com muita transparência e evidencias.

Não existe estoque mais ou menos correto ou confiável. Não se admite índices menores que 99,5% de certeza.

Para esta tarefa, cito alguns pontos:

  • Equipe comprometida e capacitada;
  • Espírito de multifuncionalidade;
  • Sentimento de dono (seja do estoque, da informação, do tempo de entrega,….);
  • Segurança à flor da pele – prevenção;
  • Formalizar sempre, porém sempre emitindo uma sugestão!
  • Honestidade não se questiona mais !

 

Conclusão:

Encerramos esta entrevista agradecendo a Eduardo de Barros Costa por compartilhar insights valiosos sobre as realizações da Seclien em 2023. Essa visão aprofundada não apenas destaca o compromisso da empresa com a excelência, mas também oferece uma janela para o futuro dinâmico e inovador que aguarda a Seclien no cenário logístico.

Compartilhar

Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
Search

Categorias